Doações da Rede CoronaVidas vão ajudar Batayporã no combate à pandemia

O apoio de empresas privadas, instituições, clubes de serviço e redes de voluntários na prevenção e combate ao Covid-19 tem sido essencial para Batayporã nesse momento de pandemia. Isso porque uma série de doações vem permitindo que a Prefeitura Municipal assegure as medidas da rede pública de saúde.

Nesta quarta-feira (17), o Município foi contemplado com mais 84 protetores faciais (face shields), que serão destinados aos profissionais de saúde que estão na linha de frente do enfrentamento ao coronavírus. Dessa vez, a doação foi realizada pela rede de solidariedade CoronaVidas em Mato Grosso do Sul, que é composta por mais de 20 instituições e empresas parceiras que trabalham de forma colaborativa.

A entrega ao prefeito Jorge Takahashi foi oficializada pelo diretor da Usina Laguna, Werner Semmebroth, e pelo supervisor de Recursos Humanos, Fernando Martins, uma vez que a empresa é parceria da iniciativa. O ato foi realizado no gabinete do Executivo Municipal e acompanhado pelo secretário de Administração, Finanças e Planejamento, Sidney Olegário.

O Chefe do Executivo agradeceu a doação e pontou a importância do engajamento das instituições e empresas, que integram a rede de solidariedade, no combate à pandemia. “É muito valiosa a atitude de todas essas pessoas nesse momento. Acreditamos que ações como essa beneficiam diretamente toda a população, uma vez que sabemos da importância desse equipamento de proteção para os profissionais de saúde, além de contribuir na valorização dos mesmos”, afirmou Takahashi.

Segundo o Diretor da Usina Laguna, a rede CoronaVidas nasceu na Bahia e se expandiu para diversas cidades, alcançando os estados de São Paulo, Rio de Janeiro, Amazonas, Paraná e Mato Grosso do Sul. “Estamos participando do esforço coletivo dessa rede para impedir a disseminação do vírus em nosso Estado. E temos estabelecido um diálogo proativo com os municípios com o objetivo de colaborar nas áreas onde estamos presentes”, disse Werner.

CoronaVidas – Hub MS/Dourados – A implantação do HUB MS/Dourados da rede CoronaVidas, iniciou-se em abril de 2020, com o objetivo de produzir e doar mais de 35 mil face shields, à profissionais da saúde que atuam na “linha de frente”, e também à outros setores de amplo contato com o público ou de maior risco de contaminação, em todo o Estado do Mato Grosso do Sul.

A união de esforços que possibilitou que os milhares de face shields fossem produzidos foi possível através de uma parceria produtiva com a Indústria douradense Quimiplast e com as instituições e empresas: Associação de Mulheres de Negócios e Profissionais – BPW Dourados, Associação Leilodom, Unigran, FiocruzMS, Instituto Federal de Mato Grosso do Sul (IFMS) – Campus Dourados, Associação dos Municípios de Mato Grosso do Sul (Assomasul), Associação das Defensoras e Defensores Públicos de Mato Grosso do Sul (ADEP), Adecoagro, Cooperativa Sicredi, Associação Sul-Mato-Grossense de Suinocultores do MS (Asumas), Imobiliária Continental, Usina Laguna, Inflex Industria e Comércio de Embalagens, São Bento Incorporadora, Centro Medicina do Trabalho (CMT) de Dourados, Ambientec Dourados e JBAPec – Jarbas Barbosa Agricultura e Pecuária. Além de contar com o apoio dos deputados estaduais do MS através da União dos Legisladores de Legislativos Estaduais (UNALE), da Secretaria Estadual de Saúde e do Governo do Estado de MS.

Os protetores faciais são equipamentos de proteção individual (EPIs), importantes para os profissionais de saúde da linha de frente. O uso associado às máscaras faciais aumenta de forma significativa a eficiência da proteção contra o novo coronavírus.

A distribuição iniciou em 1º de junho, sendo entregues 5.000 face shields para a prefeitura de Campo Grande, 2.562 unidades para a prefeitura de Dourados e 2.411 protetores destinados às barreiras nas entradas das aleias de todo o Estado.

Diversas outras prefeituras municipais, particularmente dos municípios com maior número de casos positivos, e outras instituições já foram atendidas como a UEMS, e os estabelecimentos penais de Dourados.

A expectativa é que até final de junho as entregas ultrapassem as 30 mil unidades, com a meta de se atingir a doação de mais de 35 mil face shields, atendendo aos 79 municípios sul-mato-grossenses.

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp